A dança circula no interior do estado até o final de maio com a 2ª Bienal Criança

Além de Fortaleza e Pacatuba, as cidades de São Gonçalo do Amarante, Paracuru, Trairi, Sobral, Itapipoca, Tururu e Maracanaú recebem programação. Acesso gratuito.

O interior cearense é o palco principal da 2ª Bienal Criança, parte integrante da VII Bienal Internacional de Dança do Ceará – De Par em Par. Esta edição, que acontece até o dia 31 de maio, tem a maior parte de sua programação distribuída em oito no interior do estado.

Além de Pacatuba, que sediou o lançamento no dia 19 de abril, e Fortaleza, com programação entre os dias 28 de abril e 30 de maio, as cidades de São Gonçalo do Amarante, Paracuru, Trairi, Sobral, Itapipoca, Tururu e Maracanaú vão receber até o final de maio espetáculos e ações formativas da 2ª Bienal Criança, que é apresentada pelo Ministério da Cultura e o Instituto Cultural Vale, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Tudo com acesso gratuito.

São mais de 90 atividades no total, das quais 56 estão distribuídas no interior, em equipamentos culturais, escolas e praças. Mais de 100 profissionais da dança estão envolvidos nas atividades, entre convidados locais, nacionais e internacionais. A programação completa pode ser acessada no site www.bienaldedanca.com e no instagram @bienaldedanca.

SÃO GONÇALO DO AMARANTE

A programação em São Gonçalo do Amarante teve início no dia 28, seguiu nos dias 29 e 30 de abril e acontece também no dia 02 de maio com três espetáculos: no CRAS ABC Sede, às 15h, haverá a apresentação da “Residência Artística” realizada por Isabel Marques com a Escola de Dança de Paracuru, e às 16h, a bailarina e coreógrafa Silvia Moura apresenta o espetáculo “A Cadeirinha e Eu”. Em seguida, às 17h, na Praça da Matriz, Clarice Lima apresenta “Bichos Soltos”.

PARACURU

Em Paracuru, a programação teve início no domingo, 30 de abril, e segue até o dia 06 de maio. São atrações na cidade: no dia 01, “Bichos Dançantes” (Focus Cia. de Dança); no dia 02, “Percurso de Criação” (conduzido por Jorge Garcia com a Escola de Dança de Paracuru) e “Folgança” (Paracuru Cia. de Dança); no dia 03, “Putz, A Menina Que Buscava o Sol” (Cia. Prisma de Arte); no dia 04, apresentações da “Residência Artística” (de Isabel Marques com a Escola de Dança de Paracuru) e “COREOPIÁ” (Caleidos Cia. de Dança); no dia 05, nova apresentação de “Percurso de Criação”, conduzido por Jorge Garcia com a Escola de Dança de Paracuru, e “AGWA” (Cie. Käfig); e no dia 06, “Bichos Soltos” (Clarice Lima), “Nas Águas do Imaginar” (Companhia de Danças de Diadema), “Ch@furdo” (grupo Dona Zefinha), além do Workshop de Dança para Crianças, ministrado por Ana Bottosso, diretora da Companhia de Danças de Diadema. A programação na cidade acontecerá, em sua maior parte, no Teatro David Linhares, que fica no Centro Cultural Companhia de Dança, além da Praça de Eventos e do Calçadão da Praia do Ronco do Mar.

 

TRAIRI

Nos dias 03, 04 e 09, a 2ª Bienal Criança estará também em Trairi, com programação no Centro de Formação da Educação, no Auditório da Câmara de Vereadores, no Mercado Municipal e nas escolas Jonas Henrique de Azevedo e Antônio Robespierre Viana. São atrações na cidade, no dia 03, “Iracema” (Rosa Primo) e “Bichos Dançantes” (Focus Cia. de Dança). No dia 04, “Bichos Soltos” (Clarice Lima), “A Cadeirinha e Eu” (Silvia Moura) e “Crocodilo Embaixo da Cama” (Companhia de Danças de Diadema). No dia 03 acontece também a palestra “Dança e infância”, proferida por Isabel Marques, e nos dias 03 e 04, o curso “Dança criativa”, de Rosa Primo. Já no dia 09, a programação em Trairi contará com a oficina e o espetáculo “My (petit) Pogo” (uma realização da Cie R.A.M.a, da França, e da cearense Carnaúba Criações).

 

SOBRAL

Sobral recebe a 2ª Bienal Criança de 04 a 08 de maio. No Theatro São João, sempre às 14h, vão acontecer as seguintes apresentações: no dia 04, “AGWA” (Cie. Käfig); no dia 05, “Saori e Anahí” (Maria Epinefrina e Wellington Fonseca); no dia 06, “A Cadeirinha e Eu” (Silvia Moura); no dia 07, “Crocodilo Embaixo da Cama” (Companhia de Danças de Diadema); e no dia 08, “My (petit) Pogo” (realização da Cie R.A.M.a, da França, e da Carnaúba Criações, do Ceará), que no mesmo dia, às 8h, realiza oficina no mesmo local. Para encerrar a programação na cidade, no dia 08 às 16h, na Casa da Cultura de Sobral, Rosa Primo profere palestra com o tema “Dança e Autismo”.

ITAPIPOCA

O Teatro Municipal de Itapipoca e a Praça da Matriz são os espaços que vão receber a 2ª Bienal Criança nos dias 05 e 06 de maio em Itapipoca.  Quem abre a programação na cidade é Clarice Lima, com o espetáculo “Bichos Soltos”, no dia 05 às 17h30 na Praça Perilo Teixeira (Praça da Matriz). Depois, a programação segue para o Teatro Municipal, que no mesmo dia será palco da apresentação da Residência Artística (conduzida por Gerson Moreno com a Comunidade Quilombola Água Preta), e do espetáculo “Crocodilo Embaixo da Cama” (Companhia de Danças de Diadema). No dia seguinte, são atrações no teatro, a partir das 17h30, “Psiquê Lanho” (AABB Comunidade), “Folgança” (Paracuru Cia. de Dança) e “Saori e Anahí” (Maria Epinefrina e Wellington Fonseca).

TURURU

 

A Comunidade Quilombola Água Preta, em Tururu, terá programação da 2ª Bienal Criança no dia 07 de maio, a partir das 18 horas. Três espetáculos vão ser apresentados nesta data: começa com a “Residência Artística” (conduzida por Gerson Moreno com Comunidade Quilombola Água Preta). Na sequência, “A Cadeirinha e Eu” (Silvia Moura) e “Ch@furdo” (grupo Dona Zefinha).

 

MARACANAÚ

A programação da 2ª Bienal Criança termina no dia 31 de maio em Maracanaú, com a oficina e o espetáculo “My (petit) Pogo”, respectivamente às 9h e às 15h na Escola Municipal Deputado José Martins Rodrigues. Este trabalho é uma realização da Cie R.A.M.a, da França, em parceria com a Carnaúba Criações, do Ceará.

QUEM FAZ

Apresentada pelo Ministério da Cultura e o Instituto Cultural Vale, a VII Bienal Internacional de Dança do Ceará De Par em Par – 2ª Bienal Criança é uma realização da Indústria da Dança, tendo como patrocinadores Instituto Cultural Vale, EDP, Cegás, Cagece e Governo Federal, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Apoio Institucional: Cineteatro São Luiz, Centro Cultural Bom Jardim, Rede Cuca, Vila das Artes, Instituto Iracema e Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secultfor e Secretaria Municipal da Juventude. Parceria: Prefeitura de Itapipoca (através da Secretaria da Cultura), Prefeitura de Paracuru, Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, Prefeitura de Trairi, Prefeitura de Tururu, Prefeitura de Sobral, Escola Indígena Itá-Ara, Centro Cultural Companhia de Dança, Escola de Dança de Paracuru e Paracuru Cia de Dança. Patrocínio: Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cultura e Governo Federal União e Reconstrução.

SERVIÇO

VII Bienal Internacional de Dança do Ceará De Par em Par – 2ª Bienal Criança – Entre 19 de abril e 31 de maio com espetáculos e ações formativas em Fortaleza e 8 cidades do interior. A programação completa pode ser consultada no site www.bienaldedanca.com e no instagram @bienaldedanca. Informações: bienaldedancace@gmail.com. Toda a programação tem acesso gratuito.

ultimas

Assine nossa newsletter e receba todas as novidades !