Ação ecológica une performance e memória urbana nos dias 11 e 12 de março na Vila Pery 

Projeto Gestar realiza entrega de 10 kits de mudas de plantas com bate-papo sobre memória e reflorestamento. A ação conta com apoio cultural da Secult Ceará e parceria com a Plataforma Imaginários

 

 

Desenvolvido pela moradora do bairro Vila Pery, atriz e pesquisadora Nataly Rocha, o projeto Gestar surge do seu interesse em refletir sobre estratégias que agreguem um pensamento ecológico no cinema e na performance, em sua trajetória artística. Com o objetivo de dialogar sobre as memórias da região, durante os dias 11 e 12 de março será realizada uma ação de entrega e plantio de mudas de árvores, assim como um bate-papo com a artista sobre as mudanças que ocorreram no bairro e as formas possíveis de resgatar uma paisagem mais arborizada.

 

Ao todo, serão distribuídas 10 mudas de plantas nas casas de moradoras e moradores do bairro Vila Pery que tenham interesse em participar da ação. Os kits ecológicos reúnem combinações de mudas de mandioca, caju, milho, manjericão, ora pró nobis, acerola, limão e goiaba. Tudo é previamente dialogado com a comunidade. Também será distribuído nas ruas o Manifesto-Semente com texto sobre reflorestamento físico e simbólico, impresso em papel semente pronto também para ser plantado.

 

Com apoio da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult Ceará), Gestar é um projeto de performance que busca desenvolver a “poética do encontro” com pessoas que moram ou frequentam o bairro Vila Pery, situado na Regional IV em Fortaleza. Sob o viés da performance ecológica e comunitária, o projeto incentiva o gestar de um pensamento político-ecológico, de imaginação e memória da região.

 

SOBRE A IDEALIZAÇÃO DO PROJETO 

 

Nataly Rocha conta com uma rede de apoio a quem pede consultoria para realizar o projeto Gestar. Tanto pessoas que moram no bairro quanto seu pai José Ivan, parceiro do projeto e morador da região há 50 anos. Ele traz na memória as árvores que povoaram a região, os diversos moradores que tem perfil para participar da performance e de cuidar das plantas que serão doadas pelo projeto. Felipe Araújo, bailarino e formado em Belas Artes também é morador do bairro desde criança e, junto de Nataly, é um dos produtores do projeto, articulador e mediador das atividades. Eduardo Bruno, doutorando, pesquisador e grande incentivador de estudos em performance na cidade discute com Nataly os conceitos e as teorias para tornar o projeto mais robusto e consistente, também faz o registro fotográfico do projeto. Há ainda a parceria da Plataforma Imaginários, uma plataforma de criação, pesquisa e circulação de arte contemporânea na realização da performance. A identidade visual e designer gráfico do projeto é assinado pela multiartista Ella Monstra.  A inspiração da performance parte também nos referenciais poéticos de Rubiane Maia e sua obra “O Jardim”, Joseph Beuys em 7000 Oaks e no livro “A incrível viagem das plantas”, de Stefano Mancuso; tem o propósito de se posicionar sobre a urgência do pensamento ecológico.

 

As atividades do projeto Gestar podem ser acompanhadas pelo Instagram @imaginarios_arte

 

SERVIÇO

Projeto Gestar

Entrega e plantio de mudas de plantas, roda de conversa e distribuição do Manifesto Semente

com Nataly Rocha

11 e 12 de março, de 8h às 11h30

Nas ruas do bairro Vila Pery

ultimas

Assine nossa newsletter e receba todas as novidades !