AECIPP completa 7 anos de atuação como agente de desenvolvimento do Complexo Industrial e Portuário do Pecém

Nesta sexta-feira (30), a Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP) completa sete anos de atuação, contribuindo para o fortalecimento de suas associadas e do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). Atualmente, a organização conta com 43 empresas associadas, que geram mais de 80 mil empregos diretos e indiretos, representando cerca de 95% do Produto Interno Bruto (PIB) do Complexo.

Com o propósito de desenvolver, de forma sustentável, as atividades empresariais, industriais, de serviços e também sociais na região, segundo o presidente da AECIPP e CFO da Cimento Apodi, Eduardo Amaral, a Associação articulou, ao longo da sua história, diversas iniciativas, sendo um agente atuante e fundamental no crescimento do CIPP, dos municípios ao redor como São Gonçalo do Amarante, Caucaia e Paracuru, e da economia do Ceará. “O nosso papel tem sido atender às demandas das empresas associadas e, principalmente, atrair mais oportunidades e geração de negócios de forma inteligente e sustentável, gerando, assim, mais emprego e capacitação para a população. Tudo isso a partir do desenvolvimento do diálogo entre as empresas, entes públicos como governo, prefeituras, comunidades e academia”, aponta.

Referência positiva nacional e internacionalmente, o Complexo do Pecém conta com mais de R$30 bilhões em investimentos, formado em sua maioria por empresas âncoras, isto é, capazes de gerar cadeias de suprimento e porte suficiente para promover o arranque do desenvolvimento da região.

A AECIPP também tem sido agente de transformação para as comunidades locais com articulação de projetos de responsabilidade social como a “Academia Sinfônica do Pecém”, que proporciona para crianças e jovens da comunidade do entorno do Pecém, na faixa etária de 06 a 11 anos, de escolas públicas ou privadas, além do estudo de instrumentos, a formação musical com prática de conjunto. O projeto, realizado em parceria com a Lumah Cultura, conta com o patrocínio da Aço Cearense Industrial e da Tecer Terminais, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com o apoio da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante.

Além disso, tem também uma forte parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) Campus Avançado do Pecém, onde está instalada a sede da Associação, contribuindo com uma consultoria para a criação e adequação dos cursos ofertados no campus de acordo com as demandas atuais e futuras das empresas associadas, bem como com o SINE/IDT Pecém, para facilitar o acesso da população local às oportunidades de trabalho no Complexo através do Projeto Aproximar.

Dentro do ciclo positivo de cooperação, o presidente da AECIPP destaca ainda a realização contínua do Projeto Sinergia, que intensifica o relacionamento entre as empresas associadas e visa a otimização e apoio mútuo para gerar emprego, renda e desenvolvimento social. “Dentro desse eixo, surge o Sinergia com o fundamento de gerar negócios para promoção desse desenvolvimento, o qual melhora a viabilidade dos negócios locais, utiliza as capacidades ociosas da companhias, melhora a eficiência do capital de giro entre as empresas e traz mais empregabilidade. Por isso, é fundamental o trabalho de aproximação das empresas promovido pela AECIPP”.

Para manter as ações de desenvolvimento em conjunto, a Associação conta com dez fóruns temáticos, liderados por colaboradores das empresas associadas, que se reúnem periodicamente para discutir o desenvolvimento de projetos para cada área no Complexo, bem como para pensar ações voltadas para os profissionais de cada setor. São eles: Recursos Humanos, Comunicação, Logística, Desenvolvimento de Fornecedores, Meio Ambiente, Relações Trabalhistas, Responsabilidade Social, Inovação, Segurança Patrimonial e Saúde e Segurança.

A Associação firmou importantes parcerias também com a Polícia Militar e com o Corpo de Bombeiros, que geraram o Curso de Policiamento em Áreas Portuária e Industrial (CPAPI) e o Plano de Auxílio Mútuo (PAM) do CIPP, iniciativas voltadas para a segurança do Complexo.

Sobre a AECIPP

A AECIPP é uma entidade empresarial, sem fins lucrativos, com atuação específica no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), com o objetivo de fortalecer e desenvolver a atividade empresarial nessa região, por meio do atendimento permanente dos legítimos interesses das suas empresas associadas. Fundada em 30 de setembro de 2015, a Associação é o resultado da iniciativa de criação decidida em Assembleia Geral de Fundadores, realizada no dia 13 de novembro de 2014. Atualmente, a entidade conta com 43 empresas associadas que fazem parte do Complexo do Pecém.

ultimas

Assine nossa newsletter e receba todas as novidades !