Bandeira das Artes exibirá documentário com acessibilidade e inclusão nas artes

 

Mais um documentário será lançado pelo grupo Bandeira das Artes, no Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência.  “Dança Nossa de Cada Dia: Acessibilidade e Inclusão nas Artes” é o nome do curta-metragem a ser exibido em 21 de setembro (quarta-feira), às 16 horas, no Cineteatro São Luiz em Fortaleza (CE).

O novo documentário conta com Audiodescrição, uma modalidade de tradução audiovisual, com transmissão ao vivo em produções artísticas no campo da cultura, tanto para os públicos, como para os (as) artistas com deficiência, integrando ações, estratégias e recursos de acessibilidade para todas as pessoas.

Imagens de bastidores e depoimentos de profissionais estão no filme produzido durante a realização do projeto “Dança: Arte que Transforma Vidas”, da Associação Elos da Vida, que há mais de 20 anos colabora com a inclusão de pessoas com deficiências através da arte.

O documentário mostra ainda, a preparação sincronizada entre artistas, produção e equipe de acessibilidade para a garantia do acesso de todos os corpos nessa dança cotidiana que é viver em sociedade.

O uso da Tradução Audiovisual da Língua de Sinais (TALS) é um dos destaques nessa produção acessível. Trata-se de uma nomenclatura nova que vem sendo difundida e que hoje dá mais sentido ao trabalho do (a) intérprete nas produções audiovisuais, em substituição ao termo reducionista janela de LIBRAS, com um caráter mais artístico/criativo, assim como as Legendas para Surdos e Ensurdecidos (LSE).

O público surdo e ensurdecido tem uma maior integração com a obra e conforto de leitura de textos visual e verbal favorecidos pela proposta desses recursos que é executada nessa empreitada audiovisual.

Todos os processos inseridos na plataforma de acessibilidade do filme têm a consultoria de profissionais com deficiência que possuem formação específica em cada área de Tradução Audiovisual Acessível (TAVa) envolvida.

 

 

A Plataforma do Filme

Colaboradores (as) da UFC e pesquisadores (as) do Grupo LEAD (Legendagem e Audiodescrição) da UECE assinam a parceria com a plataforma de acessibilidade do filme, como também, os profissionais do Núcleo de Apoio à Acessibilidade e Inclusão das Pessoas com Deficiência, Transtornos Globais do Desenvolvimento, Altas Habilidades/Superdotação e Mobilidade Reduzida – NAAI, que desde 2021 vem atuando em todos os Campi da reconhecida Universidade Estadual do Ceará.

 

 

*Programação Especial

“Somos Todos Um”. Esse é o título do mais recente espetáculo que a Cia. Da Dança Sobre Rodas encenará após a exibição do filme. Serão apenas dois números de “Somos Todos Um” chamados de “Forró” e “Sinal de Amor” que juntos têm a duração de 10 minutos e participação das bailarinas Ana Raquel Vieira e Marciana Teixeira (cadeirantes) e, também, dos bailarinos Lindemberg Carvalho e Alexsandro Diogo (sem deficiências).

O espetáculo que estreou em junho de 2022 serviu como inspiração para o documentário. Além da apresentação, haverá no final, uma Roda de Conversa com a equipe do filme, os (as) pesquisadores (as) das universidades, artistas, produtores e gestores culturais, estudantes e demais pessoas com e sem deficiências interessadas em traçar caminhos para a ampliação da cidadania cultural através das artes.

 

 

*Bandeira das Artes

Produzir projetos culturais acessíveis a todos os públicos é o propósito do Grupo Bandeira das Artes criado há 13 anos, por profissionais com uma vasta experiência em produções teatrais, literárias, visuais, musicais, dentre outras, voltadas para a acessibilidade.

Foi em 2010 que o Bandeira das Artes inaugurou suas atividades na linguagem cinematográfica com a produção do documentário “Nas Asas do Coração”, que registrou a primeira intervenção teatral com acessibilidade para crianças com deficiência visual no Ceará. E esta é a segunda iniciativa do grupo como realizador do audiovisual.

 

 

*Serviço:

>Documentário

>Dança Nossa de Cada Dia: Acessibilidade e Inclusão nas Artes

>Direção: Klistenes Braga | Ceará – Brasil | 2022

>Duração: 13 min.

>Data: 21/09/2022

>Horário: 16h

>Local: Cineteatro São Luiz (Praça do Ferreira – Fortaleza|CE)

*Acesso livre

>Os públicos com deficiência contarão com recursos de acessibilidade durante toda a programação.

ultimas

Assine nossa newsletter e receba todas as novidades !