Conheca as novas regras para o imposto de renda 2023

 

 

 

A Receita Federal definiu as novas regras para a declaração do Imposto de Renda 2023. Uma das principais novidades é que o contribuinte poderá utilizar a declaração pré-preenchida já na abertura do período de entrega do documento.

O documento vai estar disponível tanto pelo Programa Gerador de Declaração, via computador, quanto pela solução Meu Imposto de Renda, on-line ou em aplicativo para iOS ou Android. O período para a entrega do IR começa no próximo dia 15 de março.

A projeção é que o fisco receba cerca de 39,50 milhões de declarações dentro do prazo estipulado, que vai até 31 de maio. Segundo a instituição, o uso da declaração pré-preenchida deve alcançar 25% dos contribuintes.

“A Receita efetuou alterações também na plataforma Meu Imposto de Renda, de modo que, além do próprio contribuinte, podem fazer uso da declaração pré-preenchida um procurador pessoa física ou jurídica do contribuinte, via procuração eletrônica. É importante que todos percebam a relevância de contar com uma assessoria especializada para evitar cair na malha fina e ter prejuízos, pois as mudanças efetuadas foram acentuadas”, explicou  Filipe Bandeira, contador e advogado da Fonteles & Associados.

 

Principais novidades:

1 Criação de uma linha de rendimentos isentos ou não tributáveis para o lançamento da pensão alimentícia;

2 Dispensa da obrigatoriedade na entrega da DIRPF para quem realizou operação de alienação em bolsa de valores;

3 Possibilidade de optar por débito em conta para as demais cotas, mesmo após o prazo de entrega;

4 O primeiro lote sairá junto com a finalização do prazo de entrega do IR;

5 Declaração pré-preenchida como recuperação de informações automáticas;

6 Autorização de acesso para procurador efetuar a declaração.

Compartilhar:

ultimas

Assine nossa newsletter e receba todas as novidades !