Dragão do Mar celebra Dia da Consciência Negra com programação especial

     A fim de contribuir para a reflexão acerca da relevância dos povos negros na formação social, histórica e cultural de nosso país e celebrar a riqueza da cultura afro, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, complexo cultural da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult Ceará), gerido em parceria com o Instituto Dragão do Mar, inicia nesta quinta-feira (17) uma programação especial alusiva ao Dia da Consciência Negra, data comemorada no dia 20 de novembro, com atrações protagonizadas por pessoas pretas ou que perpassam questões da negritude, entre espetáculos, apresentação musical, ações formativas e sessões de cinema. Mais informações podem ser acessadas no site do Dragão (www.dragaodomar.org.br).

     Em virtude do aumento do número de casos de coronavírus, o complexo cultural recomenda que os seus visitantes sigam com o calendário vacinal atualizado e preservem o uso de máscara. 

     Abrindo a programação, na quinta-feira (17), às 19h30, no Teatro Dragão do Mar, Wellington Gadelha apresenta “Gente de lá”. O espetáculo de dança, que integra a convocatória Cena Ocupa, é uma ação cênica preta-favelada-urbana e transversal que propõe um instante poético de denúncia e afronta. O trabalho parte da investigação de um corpo roleta-russa que, enquanto discurso, reflete questões urgentes, que vão desde as chacinas cotidianas na cidade de Fortaleza até o massacre estrutural da população negra no país. Os ingressos custam R$ 5,00 (meia) / R$ 10,00 (inteira) e podem ser adquiridos no site da Sympla Bileto ou diretamente pelo link: bit.ly/gentedelá. Com duração de 60 minutos, a apresentação tem classificação de 14 anos.

     Na sexta-feira (18), a partir das 14h, no Auditório do Dragão, a atriz, artivista do feminismo negro e movimento negro e educadora do Museu de Arte Contemporânea do Ceará (MAC-CE) Mariane Romão ministrará a palestra “Introdução ao Feminismo Negro”. A partir de dinâmicas que relacionam a contemporaneidade com processos históricos e com base em sua experiência pessoal enquanto mulher negra, Romão nos convida a (re)pensar o lugar da mulher negra em nossa sociedade a partir de noções introdutórias sobre o Feminismo Negro e algumas de suas pensadoras. Os participantes receberão certificado de participação.

     No sábado (19), às 16h, o programa Territórios Dragão Histórico realiza mais uma visita guiada pelo complexo cultural. Além de conhecer mais sobre a arquitetura, a localização e a história do equipamento, a ação abordará mais detalhes sobre o Francisco da Matilde, líder abolicionista popularmente conhecido como “Dragão do Mar”, que foi homenageado com o nome do local. O acesso é gratuito e livre. 

     Neste mesmo dia, também às 16h, no Auditório, a arte educadora Cida Araújo ministrará a oficina “Poéticas Negras no acervo MCC”. O acesso é gratuito mediante inscrições pelo formulário: bit.ly/poeticasnegras. A ação propõe um mergulho atravessado por histórias com o foco na escrita que abraça e acolhe, tendo como recorte as poéticas negras, que é evidenciada através das vivências e reflexões da existência de cada ser. A construção da oficina será traçada por um mapa que vai localizar a importância da nossa trajetória. 

     Ainda no sábado (19), às 19h30, também no Espaço Rogaciano Leite Filho, o grupo Akilombar faz show em apoio à recuperação do mestre maranhense Tião Carvalho. Radicado em São Paulo, o virtuoso cantor, compositor, músico, dançarino, capoeirista, brincante e educador faria show no Dragão, neste dia, mas foi acometido por problemas de saúde e, por recomendações médicas, teve sua participação cancelada. O coletivo cearense Akilombar, que acompanharia o artista, manterá sua apresentação e doará o cachê para colaborar com as despesas médicas do Mestre. O grupo interpretará um repertório com músicas de Tião Carvalho e músicas autorais e de outros compositores, cantorias que reafirmam a ancestralidade e a resistência do povo preto pulsando nos tambores, como forma de fortalecer o pertencimento e valorizar a cultura nordestina afro indígena, a partir da celebração da alegria e dos saberes ancestrais que vêm com a oralidade, o canto, a dança, rezas, mandingas e encantarias.

     No domingo (20), a partir das 14h, o Cinema do Dragão exibirá sessões especiais de ‘Cabeça de Nêgo’, de Déo Cardoso, ‘Marte Um’, de Gabriel Martins, e ‘Medida Provisória’, de Lázaro Ramos, filmes dirigidos e protagonizados por pessoas pretas e que perpassam questões ligadas ao debate racial no Brasil.

     Também no domingo, a criançada poderá conferir, a partir das 16h, na Arena Dragão do Mar, “Cassimiro Coco e a Filha do Coronel Baltazar”, do grupo Calu Maravilha. Mergulhando na literatura popular e buscando resgatar os heróis do sertão nordestino e suas peripécias, a peça narra a história de amor entre Cassimiro Coco e a linda Filomena, filha do poderoso Coronel Baltazar.

    Para jovens e adultos, a boa pedida é conferir a apresentação do grupo Nóis, que traz, a partir das 18h, no Espaço Rogaciano Leite Filho, “Todo Camburão Tem Um Pouco de Navio Negreiro”. O espetáculo conta a história de Natanael, uma espécie de anti-herói periférico. Dividido em três atos, a peça vencedora do Prêmio Funarte de Arte Negra narra uma espécie de “tragédia afro”, com elementos alegóricos e representativos do universo do movimento negro no Brasil num link direto de referência à mitologia dos Orixás.

PROGRAMAÇÃO

17 de novembro (quinta-feira)

19h30 –  “Gente de lá”, de Wellington Gadelha
No Teatro Dragão do Mar
Ingressos: R$ 5,00 (meia) / R$ 10,00 (inteira) no site da Sympla Bileto ou diretamente pelo link: bit.ly/gentedelá. Duração: 60 minutos. Classificação: 14 anos.

18 de novembro (sexta-feira)


14h às 16h – Palestra / Introdução ao Feminismo Negro, com Mariane Romão
No Auditório
Acesso Livre. Gratuito. Duração: 120 min.


19 de novembro (sábado)

16h – Territórios Dragão Histórico – Especial Chico da Matilde, com Sérgio Rocha
Percurso guiado da frente do Planetário até à Praça Almirante Saldanha.
Acesso gratuito. Duração: 90 min. Livre. 

16h – Oficina “Poéticas Negras no acervo MCC”, com Cida Araújo.
No Auditório do Dragão.
Gratuito. Livre. Formulário de inscrição: bit.ly/poeticasnegras

19h30 – Show do grupo Akilombar em apoio à recuperação do mestre Tião Carvalho
No Espaço Rogaciano Leite Filho
Gratuito. Livre. Duração: 60 min. 

20 de novembro (domingo)

A partir das 14h – Exibição de ‘Marte Um’, ‘Medida Provisória’ e ‘Cabeça de Nêgo’.
No Cinema do Dragão
Ingressos com R$ 8,00 (meia) e R$ 16,00 (inteira) à venda no site Ingresso.Com e na bilheteria do Dragão


16h -“Cassimiro Coco e a Filha do Coronel Baltazar”, do Grupo Calu Maravilha
Na Arena Dragão do Mar
Gratuito. Livre. Duração: 60 min.


18h – “Todo Camburão tem um pouco de navio negreiro”, do Grupo Nóis
No Espaço Rogaciano Leite Filho
Gratuito. Duração: 110 min. Classificação: 16 anos


Serviço: Semana da Consciência Negra
Período: de 17 a 20 de novembro de 2022
Horários diversos
Local: espaços diversos do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Rua Dragão do Mar, 81)
Programações gratuitas ou com valores acessíveis
Consulte as classificações.

ultimas

Assine nossa newsletter e receba todas as novidades !