Portocem marca o início da construção da Usina Termelétrica com cerimônia de lançamento da pedra fundamental

 

A solenidade de lançamento da pedra fundamental da Usina Termelétrica da Portocem foi realizada nesta sexta-feira (5), no Auditório do Complexo Portuário e Industrial do Pecém (CIPP), no município de São Gonçalo do Amarante, Ceará. O evento contou com a participação do secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Efrain Cruz; do governador do Ceará, Elmano de Freitas; além de outras autoridades e empresários. O empreendimento é um investimento do grupo norte americano Ceiba Energy no valor de aproximadamente R$ 5 bilhões, o segundo maior da história do Ceará.

 

“A chegada da UTE Portocem é um passo importante para a transição energética do estado, que irá contribuir para o processo de  industrialização verde. Além da potencialidade de energias renováveis do Ceará, agora contamos com uma fonte de energia mais limpa e eficiente, o que é fundamental para o desenvolvimento econômico sustentável e a preservação ambiental”, disse o governador Elmano Freitas.

 

Durante a solenidade, o CEO da Ceiba Energy, Emilio Vicens, e o CEO da UTE Portocem, Ronan Dias, firmaram contrato com o presidente da Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE Ceará), Eduardo Neves, junto ao governador Elmano de Freitas e ao presidente do CIPP, Hugo Figueirêdo.

“A UTE Portocem chega para desenvolver o estado e para trazer pioneirismo e inovação. O cluster da usina terá um novo terminal de gás natural liquefeito para a região Nordeste e atuará como âncora fundamental para o crescimento econômico, atraindo oportunidades para novos negócios que não tinham acesso ao gás anteriormente”, afirmou Emilio Vicens.

Após a assinatura do contrato com a ZPE Ceará, as autoridades fizeram o descerramento da placa da obra da UTE Portocem.

Portocem

A Usina Termelétrica Portocem (UTE Portocem) foi a maior vencedora do 1º Leilão de Reserva de Capacidade de Potência, realizado em dezembro de 2021 pela Aneel e pela CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica), para contratação de reserva de potência para o SIN (Sistema Interligado Nacional).

“Representamos quase 32% da disponibilidade de potência desse certame. Nosso projeto adiciona mais 73% à capacidade atual do parque gerador termelétrico do Ceará e, sozinha, a Portocem poderia ter gerado 89% do consumo médio do estado do Ceará nos últimos 10 meses”, ressalta Ronan Dias, CEO da Portocem.

Em dezembro de 2022, a Portocem assinou um pré-contrato com o Complexo do Pecém (CIPP S/A) para a construção de uma usina termelétrica movida a gás natural, com previsão para entrar em operação em julho de 2026. Trata-se de um investimento da Ceiba Energy, no valor de R$ 5 bilhões.

Com capacidade de 1.572 MW, o empreendimento será construído em uma área de 39,5 hectares no Setor 2 da Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE Ceará), que faz parte do complexo do Pecém. A usina proporcionará ainda mais segurança ao SIN, sendo construído para operar nos momentos de baixo nível d’água nos reservatórios das hidrelétricas, baixa velocidade de ventos (que prejudica a geração eólica) e baixa intensidade de sol (geração fotovoltaica).

Infraestrutura

Composta por 4 turbinas geradoras em ciclo simples, movidas a gás natural, a UTE Portocem terá uma linha de transmissão de 6 km que conectará a usina ao SIN, através da Subestação Pecém 2. O empreendimento receberá gás natural de uma Unidade Flutuante de Armazenamento e Regaseificação (FSRU), que será afretada pela Portocem e ficará permanentemente atracada dentro da área abrigada do Porto de Pecém.

Trata-se da primeira usina termelétrica a gás natural do Brasil instalada em uma Zona de Processamento de Exportação. A empresa também se beneficiará de uma localização privilegiada, com uma infraestrutura robusta, uma vez que a zona industrial do Pecém tem proximidade com o ponto de conexão elétrica do Sistema Interligado Nacional, e o Porto possui características favoráveis para a infraestrutura de GNL, com profundidade e espaço para operação.

Geração de empregos

Com a construção da UTE Portocem, estima-se a geração de cerca de 1.700 empregos indiretos durante a sua fase de construção, que terá duração de aproximados 39 meses. Estão previstas obras de implantação, que englobam a construção de estruturas, além da montagem dos equipamentos elétricos e mecânicos.

A UTE Portocem contribuirá para a geração de empregos no Ceará e promoverá, ao longo de sua construção, empregos diretos nas obras, além de demanda de funções técnicas, com profissionais especializados e operadores/mantenedores.

Parceria com CONSAG e Mitsubishi Power

Em fevereiro de 2023, a Portocem Geração de Energia S.A assinou um contrato de Engenharia, Aquisição e Construção (EPC) com um consórcio formado pela CONSAG e a Mitsubishi Power, para a implantação da UTE Portocem. A empresa Mitsubishi Power ficará responsável pelo fornecimento das turbinas a gás M501JAC, enquanto a CONSAG, uma empresa do Grupo Andrade Gutierrez, com mais de 74 anos de experiência em soluções de engenharia e execução de alta performance, será responsável pelo desenvolvimento dos projetos básico, executivo, obras civis, fornecimento do Balance of Plant (BOP) e das utilidades, montagem eletromecânica e comissionamento da usina, além de ser responsável pela implantação da linha de transmissão e subestações.

Site: www.portocem.com.br      LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/portocem-energia/

Ficha-Técnica UTE Portocem
Área total: 39,5 hectares, localizados no Setor 2 da ZPE Ceará
Capacidade instalada: 1.572 MW
Duração da obra: 3,5 anos
Geração de emprego: Cerca de 1.700 empregos na fase de construção
Investimento: R$ 5 bilhões
Previsão de início da operação: Julho de 2026
Quantidade de turbinas: 4 turbinas a gás Mitsubishi M501JAC em ciclo simples, alimentadas por gás natural.

ultimas

Assine nossa newsletter e receba todas as novidades !