TIM quer atrair mais mulheres para seu app de revendedores autônomos

 

Lançado em março, o TIM+Vendas – aplicativo que profissionais autônomos podem utilizar para comercializar chips e recargas da operadora – já alcançou a marca de 30 mil revendedores ativos. Agora, a operadora conecta a ferramenta ao movimento Mulheres Positivas, iniciativa que lidera desde 2021 para acelerar o desenvolvimento de carreiras e a empregabilidade das brasileiras.

O objetivo é potencializar as duas plataformas: cadastradas no Mulheres Positivas terão renda extra ao venderem chips ou recargas no TIM+Vendas. Já as revendedoras autônomas do TIM+Vendas serão impactadas para conhecerem os conteúdos do aplicativo Mulheres Positivas, como cursos de capacitação e vagas de emprego em todo o Brasil.

“O aplicativo TIM+Vendas surgiu como uma ferramenta para facilitar nossa penetração comercial e, ao mesmo tempo, oferecer uma oportunidade de renda complementar às pessoas cadastradas como revendedoras. Como a TIM também lidera um movimento relevante em prol da empregabilidade das brasileiras, decidimos conectar as duas iniciativas, principalmente porque, hoje, as mulheres são responsáveis financeiramente por quase metade das casas do país. Nosso intuito é apoiar as mulheres, seja para encontrarem uma oportunidade de trabalho a partir das vagas de emprego disponibilizadas pelo Mulheres Positivas ou para atuarem de forma autônoma com venda direta, a partir do app TIM+Vendas”, comenta Silmara Máximo, Diretora Comercial da TIM.

As mulheres interessadas em revender chip e recarga por meio do TIM+Vendas não precisam ter experiência no mercado de telecomunicações e recebem treinamento online dentro da própria plataforma. Basta fazer o download do aplicativo gratuitamente e realizar um breve cadastro. A partir daí, os chips serão enviados para o endereço informado e as recargas disponibilizadas para início da comercialização. As usuárias do app Mulheres Positivas devem inserir o cupom MULHERES para ganharem um bônus extra a cada ativação de chip com venda de uma recarga, seguindo o regulamento vigente da plataforma.

O movimento Mulheres Positivas foi lançado pela TIM em julho de 2021. A iniciativa já reúne 116 companhias de diferentes segmentos em torno do aplicativo de mesmo nome, criado pela empresária Fabi Saad. O app oferece vagas nas empresas parceiras e cursos de capacitação também desenvolvidos pelas organizações participantes. O download e acesso a esses conteúdos é gratuito para toda a sociedade e clientes TIM navegam na plataforma sem consumir seu pacote de dados.

“É com grande alegria que nos unimos ao TIM+Vendas para ampliar ainda mais as oportunidades que oferecemos às mulheres. Essa integração nos fortalece no objetivo de promover o desenvolvimento profissional e a emancipação das brasileiras por meio de capacitação técnica e possibilidades de renda”, destaca Fabi Saad, empreendedora e fundadora do Mulheres Positivas. Cenerli Alexandre, Head de Operações do Mulheres Positivas complementa destacando a trajetória ascendente da plataforma: “alcançamos mais de 250 mil downloads do aplicativo, além de oferecermos mais de 80 mil vagas de trabalho. Isso nos torna uma das maiores plataformas de emprego para mulheres na América Latina, se não a maior, e a sinergia com o TIM+Vendas certamente só impulsionará mais este movimento”.

Compartilhar:

ultimas

Assine nossa newsletter e receba todas as novidades !